TCE/AC APOIA PRESERVAÇÃO DA AMAZÔNIA EM AÇÃO COM OAB E TRIBUNAL DE CONTAS DA PREFEITURA DE SÃO PAULO

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE/AC), Conselheiro Ribamar Trindade, participa, a partir desta quarta-feira, 8, na cidade de São Paulo, de várias palestras durante o seminário “A importância da Floresta Amazônica na sustentação dos rios aéreos – iniciativa do TCE/AC, AMAC, TCM/SP e SECLIMA – Prefeitura de São Paulo”, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Paulo, por meio da Comissão de Meio Ambiente.

O Conselheiro Ronald Polanco, atualmente presidente da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Acre será um dos componentes da mesa de abertura, em nome do TCE/AC.

Além do Conselheiro Ronald Polanco, mais dois representantes do Acre irão participar do evento, o prefeito de Rio Branco e presidente da Associação dos Municípios do Acre, Tião Bocalom e o geógrafo Átila de Araújo, da Secretaria de Estado de Meio ambiente e Políticas Indígenas do Acre (Semapi).

O seminário tem como objetivo a divulgação da união de esforços entre o TCE/AC, AMAC, Tribunal de Contas Municipal de São Paulo e Secretaria Executiva de Mudanças Climáticas da Prefeitura de São Paulo, no qual diversos especialistas, debaterão o fenômeno do impacto dos rios aéreos, originários da floresta amazônica, no regime hídrico do centro-sul do Brasil.

Para isso, conta com painelisdetas conceituados, pesquisadores e cientistas, como Carlos Nobre, Luciana Gatti, com a mediação do presidente da União Brasileira da Advocacia Ambiental (UBAA), Alexandre Burmann.

Além disso, serão apresentados vários estudos sobre a importância dos serviços ambientais das florestas, em particular os rios aéreos, que é forma como a natureza transfere umidade da Amazônia, na forma de chuvas para a região Central e Sul do Brasil.

Rios Aéreos

Os rios aéreos ou voadores, como são popularmente conhecidos, são fluxos maciços de água sob forma de vapor. O fluxo dos rios aéreos ocorre da seguinte forma: As árvores da floresta amazônica devolvem a água das chuvas para a atmosfera em forma de vapor d’água, que é transportado e cai em forma de chuva nas outras regiões.

Sendo assim, é fundamental a preservação destes rios que são importantes tanto para o bem estar da sociedade, como também pela economia do país, trazendo o equilíbrio da biodiversidade. Isso reforça a necessidade de envolvimentos de da sociedade e poder público.

Rolar para cima